SÃO PAULO PRETENDE EXPANDIR ENSINO INTEGRAL A PARTIR DE 2020

Você sabe como funciona o ensino integral? Esse sistema foi instalado recentemente em alguns estados com o intuito de promover uma maior interação entre aluno e escola, assim como complementar a grade curricular do mesmo.

São Paulo foi um dos estados em que esse sistema de ensino deu certo e por isso, a expectativa é que cada vez mais escolas possam aderir ao modelo.

O sistema de ensino integral consiste em desenvolver habilidades necessária para os estudantes do ensino médio. Isso é possível pois os alunos passam dois turnos na instituição, totalizando em média 7 horas diárias na escola.

O que é interessante sobre esse sistema de ensino é a possibilidade de expandir o conhecimento além do ensino regular das matérias na escola.

Com o modelo, os estudantes passam a desenvolver habilidades como dança, canto, empreendedorismo, entre outros. Além disso, os mesmos podem participar de projetos extensivos e até concorrer a prêmios.

De acordo com dados divulgados pelo Ministério da Educação (MEC), cerca de 146 escolas de São Paulo já possuem o modelo instalado com sucesso.

Esse número representa um crescimento muito importante que pode estar dando resultados consideráveis para o mercado de São Paulo em pouco tempo.

Por isso, o governo de São Paulo visa expandir o modelo de ensino, influenciando diretamente em resultados como os vestibulares que acontecem anualmente.

O modelo de ensino integral promove um rendimento maior para os alunos e por isso, em sua maioria, esses jovens conseguem obter sucesso em programas como o vestibulinho ETEC 2020.

As Escolas Técnicas Estaduais (ETECs) foram criadas para promover o ensino técnico e capacitar os jovens para o mercado de trabalho em São Paulo e é uma das propostas de incentivo a educação.

De acordo com dados recentes, uma grande porcentagem de jovens inclusos no modelo integral de ensino conseguem obter sucesso na avaliação do ETEC.

Por isso, a expectativa é que o número de inscrições ETEC 2020 cresça em mais de 40% devido ao grande número de jovens que está buscando por instituições de ensino integral.

O resultado dos estudantes inclusos nesse modelo também pode ser visto em concursos como o Exame Nacional do Ensino Médio, em que as cotas para estudantes do sistema público de ensino tem ficado até mais concorridas.

O Programa Universidade Para Todos (PROUNI), sistema que dá acessoa bolsas parciais e integrais do nível superior, também apresentou número interessantes de inscrições desses estudantes  no estado de São Paulo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *